DENÚNCIA

Crematório a céu aberto preocupa moradores de Vitória de Santo Antão

A população da zona rural de Vitória denunciou a atividade de um crematório a céu aberto; ossos, caixões e corpos em decomposição foram achados no local

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/08/2017 às 14:27
Leitura:

Imagem

Moradores da comunidade de Cuandús, na Zona Rural de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul do Estado, denunciam a existência de um crematório a céu aberto no cemitério da localidade.

Segundo eles, mais de 40 caixões, corpos e ossadas foram queimados no local no último domingo (13). O professor Geovani Ribeiro, que mora nas proximidades, divulgou nas redes sociais um vídeo com as imagens de ossos empilhados.

Os restos mortais são de pessoas que estavam enterradas no cemitério principal de Vitória de Santo Antão e foram levados para a zona rural em tratores.

Imagem

Dona Arlina Marciolina da Silva é agricultora e mora próximo ao crematório irregular. Ela disse que não aguenta mais o mau cheiro e a fumaça levada pelo vento. “Fui obrigada a tirar meus panos de varal, a caixa d’água meu menino lavou todinha de novo porque a poeira entra todinha, o pó dos ossos. Está a pior tristeza”, relatou. “Eu fico tossindo de noite, com aquele cheiro mau”, contou.

Depois que o vídeo de Geovani ganhou repercussão nas redes sociais equipes da prefeitura foram até o cemitério para fazer uma limpeza. Parte dos ossos foi enterrada, mas ainda assim alguns ficaram expostos. Também tinham restos de caixões e roupas e tecidos que estavam dentro dele. A Delegacia de Vitória de Santo Antão investiga o caso.

Confira os detalhes:

Mais Lidas