Festival de inverno

Governo de PE cancela peça do FIG com transexual que interpreta Jesus


Polêmica que envolve peça, censurada em várias cidades, se intensificou depois que prefeito de Garanhuns disse que teatro da cidade não receberia o espetáculo

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 30/06/2018 às 15:34
Foto: Divulgação
FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O Governo do Estado de Pernambuco cancelou a apresentação do espetáculo "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu", protagonizado por uma atriz transexual e que estava na programação do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). A justificativa da Secretaria de Cultura e da Fundarpe para a suspensão da peça foi a da possibilidade de prejuízos para parcerias estratégicas do FIG. A atitude chega depois de o secretário de cultura de Pernambuco, Marcelino Granja, dizer à Rádio Jornal, em entrevista nessa sexta-feira (30), que o espetáculo aconteceria.

A polêmica que envolve a peça, censurada em várias cidades, se intensificou depois que o prefeito de Garanhuns, Isaías Regis, em entrevista à Rádio Jornal Garanhuns, disse que não abriria as portas do teatro da cidade para o espetáculo. "Nós não temos nada contra os transsexuais, eu não tenho nada contra quem tem sua liberdade de expressão. Agora, nós somos uma cidade cristã e o 'O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu' é uma coisa que atinge o cristianismo, as religiões", disse o prefeito.

Confira nota na íntegra

O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, decidiu cancelar a apresentação "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu" da Mostra de Teatro Alternativa do Festival de Inverno de Garanhuns de 2018, diante da polêmica causada pela atração e da possibilidade de prejuízos das parcerias estratégicas e nobres que o viabilizam. O Festival de Inverno de Garanhuns foi criado para unir e divulgar nossas expressões culturais e não para dividir e estimular a cultura do ódio e do preconceito. O Governo de Pernambuco também repudia todas tentativas de exploração eleitoreira feitas do episódio.

Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco.


Mais Lidas