acidente

Perito morto em queda de asa delta é velado no Morada da Paz


Segundo Instituto de Criminalística, a queda do equipamento pode ter sido provocada por falha mecânica

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 17/07/2018 às 10:54
Foto: Cortesia
FOTO: Foto: Cortesia
Leitura:

O corpo do perito criminal federal André Gustavo de Figueiredo Melo, de 49 anos, morto em queda de asa delta é velado no cemitério Morada da Paz, em Paulista. Ele morreu na tarde desse domingo (17), quando sobrevoava a zona rural de Riacho das Almas, no Agreste do Estado. Parentes, amigos e colegas de profissão do perito prestam as últimas homenagens. Por enquanto, a cerimônia no Morada da Paz esta restrita à família. Os parentes preferiram não falar com a imprensa. Mais informações sobre o acidente serão passados ainda nesta terça-feira (17) pelo chefe de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro.

De acordo com as primeiras informações do Instituto de Criminalística, a queda do equipamento pode ter sido provocada por falha mecânica. Segundo amigos, André Gustavo costumava voar há muitos anos e tinha segurança e conhecimento no equipamento. O sepultamento dele está marcado para acontecer às 17h desta terça também no cemitério da Morada da Paz.

Outro acidente

Em 2013, um outro acidente com asa delta aconteceu na mesma região. Orlando Marcolino da Silva morreu após perder o controle do equipamento.


Mais Lidas