São Bento do Una

Ele tinha uma 12, diz parente dos reféns de assaltante de banco


Em fuga, bandido invadiu um apartamento onde estavam quatro adultos e duas crianças, entre elas um bebê de 11 meses

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 01/08/2018 às 8:51
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

Polícia diz que quadrilhas distintas são autoras dos ataques às agências bancárias em São Bento do Una e Santa Cruz do Capibaribe, na madrugada desta terça-feira (31). Pelo menos dez homens fortemente armados chegaram no início da madruga centro do município, no Agreste.

A quadrilha incendiou carros, efetuou vários disparos e explodiu os caixas eletrônicos do Banco do Brasil e do Bradesco. Na saída, o grupo deu início ao tiroteio com a chegada de equipes do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi). Um dos envolvidos morreu no interior de um veículo enquanto que Marcelo José Barbosa, baleado, invadiu uma residência. No apartamento havia quatro adultos e duas crianças (um menino de 11 meses e uma menina de 1 ano e 4 meses).

Cícero Fernando, padrasto do dono da casa invadida, fala do susto dos quatro adultos e duas crianças. Ouça depoimento:

Ele liberou todos os reféns horas depois e acabou sendo socorrido para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru. O cenário deixado pelos assaltantes que fugiram era de guerra e nem mesmo a imagem de São Bento escapou dos tiros. Policiais militares encontraram parte do grupo no Sítio Batalha, na Zona Rural do município, e um dos suspeitos morreu no tiroteio.

A PM apreendeu malotes com dinheiro, bananas de dinamite, duas espingardas calibre doze, um fuzil e munição. Um vigilante atingido com um tiro de raspão na cabeça no centro de São Bento do Una não corre risco de morte. Na contagem do Sindicato dos Bancários, são 123 investidas criminosas em Pernambuco este ano.

Santa Cruz do Capibaribe

Em Santa Cruz do Capibaribe, o ataque aos caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal, no bairro de São Cristovão, durou quinze minutos. A Polícia Federal apurou que pelo menos cinco homens encapuzados e fortemente armados participaram do crime.


Mais Lidas