Liga do Escrete

João Victor Amorim

access_time

23:30

Negada

Bia Machado, Juliana Mota e Nataly Barreto

Liga do Escrete

João Victor Amorim

access_time

23:30

Negada

Bia Machado, Juliana Mota e Nataly Barreto

search close
VIOLÊNCIA

Polícia prende homem suspeito de matar filho esganado em Brejão

O agricultor Ivanildo Santos da Silva, de 35 anos, confessou ter assassinado o próprio filho de 5 anos esganado

Ivanildo Santos da Silva, 35 Anos, está foragido
Ivanildo Santos da Silva, 35 Anos, está foragido
Reprodução/ Internet

A Polícia Militar prendeu na zona rural do município de Correntes, no Agreste do Estado, o homem suspeito de matar o próprio filho de 5 anos esganado em Brejão, também no Agreste, na noite desta segunda-feira (10).

De acordo com as informações do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o agricultor Ivanildo Santos da Silva, de 35 anos, foi encontrado na Praça São Sebastião, no Povoado de Olho d’Água do Campo. Ele não resistiu à prisão e foi encaminhado para a 18º Delegacia de Garanhuns, onde admitiu ter matado o menino.

Relembre o caso 

Ivanildo Santos da Silva, de 35 anos, assassinou o filho de 5 anos após ter sofrido um suposto surto psicótico neste domingo (9). Mas o corpo da criança só foi encontrado na manhã desta segunda-feira. Após o ocorrido ele saiu correndo e fugiu. 

O delegado Caio Moraes, responsável pelas investigações, contou que a polícia foi acionada pela própria família do suspeito. “Na noite do domingo (9), ele teria expulsado a família de dentro de casa, dizendo que queria ficar sozinho com o menino”, relata o delegado.

Os familiares, assustados com o estado de Ivanildo, saíram da casa. “A família conta que ele dizia estar ouvindo vozes e estava muito alterado”, contou Caio Moraes.

O menino passou a madrugada sozinho dentro da casa com o pai e, no início da manhã dessa segunda-feira (10), o pai conseguiu convencer o agricultor a abrir a porta.

O delegado ainda comentou que, por diversas vezes durante a madrugada, os avós do garoto chamavam por ele, na tentativa de entender o que estava acontecendo dentro do imóvel, mas a criança não respondia mais. “Ele encontrou o neto sem sinais de vida, com sinais de sufocamento. O filho contou a ele que cumpria ordens das vozes que estava ouvindo, dizendo para matar o garoto. Em seguida, o suspeito fugiu”, detalhou o delegado.

O corpo da criança foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), para comprovar a causa da morte.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.