A Voz do Povo

Ciro Bezerra

access_time

05:45

Bola de Primeira

Ciro Bezerra

access_time

06:00

Um Minuto com Você

Pe. Airton Freire

A Voz do Povo

Ciro Bezerra

access_time

05:45

Bola de Primeira

Ciro Bezerra

access_time

06:00

Um Minuto com Você

Pe. Airton Freire

search close
AGRESTE

Barragem do Bitury, em Belo Jardim, está em situação de pré-colapso

Devido falta de chuva, a Compesa ampliou o rodízio de água na cidade de Belo Jardim. A Barragem do Bitury está com apenas 4% da capacidade

A Barragem do Bitury tem capacidade para 17 bilhões de litros de água está com apenas 4% da capacidade
A Barragem do Bitury tem capacidade para 17 bilhões de litros de água está com apenas 4% da capacidade
Reprodução/TV Jornal

A barragem do Bitury, localizada em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, está em situação de pré-colapso. O reservatório tem capacidade para  17 milhões de metros cúbicos de água, ou 17 bilhões de litros, e está utilizando o volume morto do manancial. Atualmente, a barragem opera com apenas 700 mil metros cúbicos, menos de 4% da capacidade. Saiba mais na reportagem de Berg Santos:

Rodízio de abastecimento

Por causa disto, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) decidiu aumentar o rodízio de abastecimento. Ou seja, os moradores receberão água por menos dias. Alguns bairros só voltarão a receber água após o dia 13.  O gerente regional da Compesa Gilvandro Tito explica que a situação é muito delicada, já que também abastece  Sanharó, Tacaimbó e São Bento do Una. 

A dona de casa Rosenilda Francisca diz que vai ter que "se virar" por causa do rodízio. "Eu me viro assim mesmo, carregando de pouquinho em pouquinho, eu vou buscar", diz.

Quem pode comprar água, pagam R$ 30 por mil litros de água. A dona de casa Marluce Cordeiro afirma que se juntou com as vizinhas para garantir o carro-pipa. "Nós estamos secos, estamos sem água", desabafa.

Adutora do Agreste

A esperança está em um projeto tocado há cinco anos que prevê a captação de água do eixo leste do Rio São Francisco, em Floresta, no Sertão do Estado, para a Adutora do Moxotó, em Arcoverde, onde começa a Adutora do Agreste, que está em fase de testes. "A cidade de Arcoverde já está recebendo água do São Francisco. A próxima cidade será Pesqueira e logo em seguida será testado do trecho entre Pesqueira e Belo Jardim", diz Gilvandro Tito. "A gente espera que seja o mais breve possível, já que os mananciais estão em pré-colapso", completa


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.