search close
CORRUPÇÃO

Neguinho Teixeira, ex-prefeito de Caruaru, deve ser julgado novamente quarta-feira

Em 2013, Neguinho Teixeira foi condenado em 1ª instância neste processo a 21 anos um mês e 22 dias de prisão por peculato e coação no curso do processo

Neguinho Teixeira
Neguinho Teixeira
Reprodução/ NE10 Interior

O ex-prefeito de Caruaru, no Agreste do Estado, Manoel Teixeira de Lima, conhecido como Neguinho Teixeira, deverá ser julgado em segunda instância na próxima quarta-feira (6). Em agosto de 2013, Neguinho foi condenado em primeira instância neste processo a 21 anos um mês e 22 dias de prisão por peculato e coação no curso do processo.

Segundo a denúncia do Ministério Público, Neguinho Teixeira apropriou-se de dinheiro público em contratos que vigoraram em 2007 quando ele era presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru. Ele também teria ameaçado uma testemunha.

De acordo com o advogado de Neguinho, Helmo Monteiro, o processo é moroso por causa da complexidade das provas. Ele disse que solicitou o adiamento do julgamento para a próxima semana já que ele tem outras audiências marcadas para o mesmo período.

Confira os detalhes na reportagem de Berg Santos:

Processos 

Segundo o advogado, dos 11 processos que Neguinho Teixeira respondia, foi absolvido em oito deles. Os outros dois que faltam ser julgados são: um envolvendo o também ex-prefeito e atual deputado estadual Tony Gel durante a gestão municipal e o outro envolvendo uma aquisição de um veículo para a câmara por meio de dispensa de licitação. 


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.