Motoqueiro é suspeito de assediar mulheres em Santa Cruz do Capibaribe

Segundo a denúncia, o motoqueiro ataca no momento em que as mulheres, que também estão em moto, param no semáforo

VIOLÊNCIA SEXUAL
Motoqueiro é suspeito de assediar mulheres em Santa Cruz do Capibaribe

Segundo a denúncia, o motoqueiro ataca no momento em que as mulheres, que também estão em moto, param no semáforo - Foto: Reprodução/TV Jornal Interior

Um homem ainda não identificado é procurado pela polícia suspeito de assediar mulheres em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Segundo as investigações, já foram mais de 20 vítimas do motoqueiro.

As características são sempre as mesmas: um homem alto, moreno e dos olhos claros aborda mulheres que estão pilotando bicicletas. Além disso, o suspeito também ataca utilizando uma motocicleta.

Uma vítima, que não quis se identificar, foi abordada no dia 1º de janeiro, quando estava voltando da igreja. No momento, ela não entendeu o que estava acontecendo. “Era por volta das 20h30 e do nada ele apareceu e jogou a moto dele em cima da minha. Ele me encostou na calçada e eu parei”, contou a vítima, relatando que ainda tentou se defender.

Segundo a vítima, o suspeito só a largou após um outro homem presenciar a cena e fazer ameaças ao motoqueiro. “Ele me soltou, ligou a moto e foi embora”, disse.

Denúncia 

O delegado de Santa Cruz do Capibaribe, Ênio Maia, contou que após o caso ser noticiado, mais de 20 vítimas já procuraram a polícia. “Ele ataca sempre de motocicleta e as vítimas também, geralmente, estão de motocicleta. Ele se aproxima delas, acredito que quando param no semáforo, e apalpa nádega da vítima”, detalhou.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.