Caminhada no Recife marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/05/2011 às 16:17
Leitura:

Este ano o foco da campanha é a exploração sexual contra crianças e adolescentes no Turismo e nas Rodovias


Nesta quarta-feira (dia 18 de maio), com concentração a partir das 14h30, no Parque 13 de maio, será realizada a grande Caminhada Pelo Fim da Violência Sexual. O evento marca o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes e reunirá representantes de organizações governamentais e não-governamentais, além de crianças, adolescentes e jovens.

O percurso vai passar pelo Parque 13 de maio, Rua do Hospício, Av. Conde da Boa Vista, rua da Aurora, Ponte Princesa Izabel e Palácio do Campo das Princesas, onde será um documento ao governador Eduardo Campos com tudo o que já foi feito em prol desse combate, e o que ainda é preciso ser feito para o enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. Durante a caminhada, estarão sendo distribuídos panfletos informativos, chamando a atenção da população para o problema da violência sexual contra crianças e adolescentes.

O objetivo da Campanha é derrubar o muro do silêncio em torno da violência sexual cometida contra crianças e adolescentes, sustentado pela indiferença da sociedade e pela cultura da impunidade dos agressores. A Campanha visa uma grande mobilização social, convocando a atenção da sociedade para a situação de crianças e adolescentes na exploração sexual e a responsabilidade de todas e todos em combater este crime.

TEMA

Este ano, o foco da campanha, organizada pela Rede de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de Pernambuco, está nos crimes de violência sexual contra crianças e adolescentes praticados no TURISMO e nas RODOVIAS. Durante todo o mês de maio, serão realizados em Pernambuco eventos e ações, para chamar a atenção do governo e da sociedade para o enfrentamento da desse tipo de violência contra crianças e adolescentes.

18 DE MAIO

O 18 DE MAIO, instituído pela Lei Federal 9.970/00, como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, foi escolhido, porque em 18 de maio de 1973, em Vitória–ES, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas 08 anos de idade, que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta. Esse crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A intenção do 18 DE MAIO é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta.

Com informações do Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social - CENDHEC

Mais Lidas