Adilson Couto: 2 anos sem o “Grau 10 Internacional”

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/05/2011 às 8:00
Leitura:

Adilson Couto morreu em 2009, aos 62 anos de idade

A voz de uma das narrações esportivas mais famosas do país nos deixava há exatos dois anos. Neste sábado (28) se completam dois anos da morte do radialista Adilson Couto. Principal voz do esporte na Rádio Jornal por quase 20 anos, Adilson deixou uma legião de fãs saudosos daquele que era o “Grau 10 internacional”.

Adilson nasceu no Rio de Janeiro, na cidade de Petrópolis, em 1947, e começou a carreira na Rádio Continental, no Rio, em 1967. Se mudou para Pernambuco no final dos anos 70, criando com o estado uma verdadeira relação de amor. Fez sucesso na Rádio Clube AM e depois se transferiu para a Rádio Jornal AM, onde por 17 anos foi a voz principal das transmissões esportivas.

As transmissões com Adilson entraram para a história. Com um jeito único de narrar os lances, deixava todo mundo com o coração na mão, ao acompanhar os desafios dos grandes times de Pernambuco em busca do gol. Além de eletrizar as partidas de Sport, Santa e Náutico, Adilson também emocionava a todos com as partidas da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo.

Adilson Couto morreu na tarde de 28 de maio de 2009, vítima de insuficiência respiratória, provocada por um enfisema pulmonar. A morte do radialista comoveu todos apaixonados por rádio e por futebol. A voz , o caráter e a amizade de Adilson deixam saudades em todo o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), em especial na Rádio Jornal.

Relembre abaixo a voz e o show de transmissão do “Grau 10 internacional”.

Mais Lidas