Prostituição invade as noites de Olinda

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/10/2011 às 9:53
Leitura:

A cidade patrimônio da humanidade e uma das que mais atraem turistas para Pernambuco, vem chamando atenção ultimamente pelo que acontece nas noites, totalmente abandonadas. O crescimento da prostituição vem causando reclamações de diversos moradores. Em alguns lugares, como na Rua José Augusto Moreira, já existem pontos fixos de prostituição.

A repórter Thaís Queiroz, da Rádio Jornal AM 780, investigou o que acontece nesses lugares e encontrou pontos de prostituição de abandono do poder público. As fotos abaixo foram tiradas pela repórter. A matéria você acompanha a seguir. A reportagem especial foi veiculada no Redator de Plantão, da Rádio Jornal, na manhã desta segunda-feira (03).

Ponto de prostituição em Olinda.

A travesti Victória diz que motoristas e pedestres ameaçam ela e os colegas.

Daniele Keitlin e Alana.

Outro ponto em Olinda, próximo a uma faculdade.

Durante a apuração da matéria, a Rádio Jornal perguntou aos homossexuais entrevistados: Qual seu sonho? Com o que deseja trabalhar quando sair da prostituição?

Confira as respostas, nessa ordem, dos travestis Claudia, Alejandra, Alana, Ayana e Victória. Profissões que esperam um dia assumir livremente, do jeito que elas são, e sem preconceito.

Mais Lidas