Morre líder do movimento Terras de Ninguém

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/12/2011 às 10:52
Leitura:
Morreu por volta das 16h da última terça-feira (20) João Severino Alves, o João do Cigarro, presidente do movimento Terras de Ninguém, que teve grande destaque nos anos 70 na defesa dos moradores mais humildes do bairro de Casa Amarela, zona norte do Recife. João do Cigarro morreu por volta das 16h da terça, no Hospital Getúlio Vargas, por complicações cardíacas. Ele já tinha sido vítima de um derrame e também era diabético. Um dos fundadores do movimento, que surgiu nos anos 70, João do Cigarro liderava o grupo desde a década de 80. O movimento ganhou notoriedade por apoiar os moradores mais carentes do bairro de Casa Amarela contra as cobranças feitas por famílias ricas e tradicionais da época, como a Marinho e a Rosa Borges. Os moradores que não pagavam as taxas exigidas por essas famílias eram ameaçadas de expulsão. Com o apoio da Igreja Católica do então arcebispo Dom Hélder Câmera, o Terras de Ninguém gerou bastante repercussão. Atualmente o movimento perdeu força e João do Cigarro, muito doente, era presidente licenciado. O sepultamento do líder do Terras de Ninguém será as 16h desta qaurta (21) no cemitério de Casa Amarela. João do Cigarro deixa esposa e sete filhos.

Mais Lidas