Tecnologia israelense vai bloquear ligações de celular no Aníbal Bruno

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/12/2011 às 11:55
Leitura:
Uma nova e potente arma contra o tráfico será usada dentro do maior presídio do Norte e Nordeste, o Aníbal Bruno, localizado no bairro do Sancho, Zona Oeste do Recife. A unidade prisional abriga 4.800 detentos e vai contar com um dispositivo que cria um campo magnético de até 500 metros a partir da base que impossibilita o uso de telefones celulares. O presídio Aníbal Bruno será o primeiro prédio do sistema prisional em todo o país a testar a tecnologia israelense. A ferramenta é utilizada com resultados positivos em 80 países, dos quais a Argentina. Durante o período de testes, que dura 60 dias, a Secretaria de Ressocialização (Seres) não terá nenhum custo a pagar. Caso seja aprovado em definitivo, o bloqueador de celular será instalado em todas as unidades prisionais do estado. Mais informações sobre a nova tecnologia você confere com o secretário executivo de ressocialização, Romero Ribeiro, que falou com a equipe da Rádio Jornal.

Mais Lidas