Moradores de Tacaratu denunciam insegurança em rodovia que corta a cidade


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/01/2012 às 17:18
Leitura:
Moradores da cidade de Tacaratu, no Sertão de Pernambuco, onde um caminhão desgovernado matou uma pessoa e deixou mais de 30 feridas no último dia 31, reclamam que a rodovia PE 375, que corta a cidade, é foco de acidentes, por conta da circulação de caminhões pesados no local. Logo após a fatalidade do sábado moradores da Aldeia Indígena Pankararu fecharam a PE 375 em protesto. Os moradores querem que seja proibida a passagem de caminhões pesados por dentro da cidade, pois segundo eles essa é a segunda vez que ocorre uma fatalidade deste tipo. O acidente aconteceu na Avenida Cônego Frederico, que leva à Igreja de Nossa Senhora da Saúde, a Matriz de Tacaratu, quando o grupo de cerca de 30 pessoas havia acabado de assistir à cerimônia de um casamento no Centro da cidade. O veículo estava carregado de milho e o motorista perdeu o controle, pois ficou sem freios.

Mais Lidas