Familiares aguardam horário de visitas na Funase após rebelião


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/01/2012 às 9:18
Leitura:
Na manhã seguinte a rebelião que deixou 3 mortos e 3 feridos na Fundação de Atendimento Sócioeducativo (Funase), no Cabo de Santo Agostinho, o clima é de expectativa na unidade. Os familiares dos jovens aguardam pelo horário de visitas, que acontece a partir das 10h desta quarta-feira (11). Um dia após o motim que varou a noite e instalou pânico na localidade, a situação é mais tranquila, com os destroços da rebelião, como pedras, deixadas pelo caminho. A concentração de parentes é grande em frente à Funase, como conferiu agora pela manhã, o repórter Rafael Carneiro, da Rádio Jornal. Alguns parentes reclamam da unidade e afirmam que há maus-tratos na unidade.

Mais Lidas