Diretor do Centro de Vigilância Ambiental se defende


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/01/2012 às 15:00
Leitura:
Da Rádio Jornal O diretor do Centro de Vigilância Ambiental (CVA), Amaro Fábio de Souza, se defendeu das acusações de maus tratos aos animais e crimes contra o meio ambiente durante coletiva realizada na manhã desta segunda-feira (16). Ele foi atuado por uma operação em defesa do meio ambiente, na última sexta-feira (13). Atuado devido a uma denúncia anônima, Amaro Fábio de Souza disse durante a coletiva que em momento algum soube das acusações a que sofria e que as mesmas não procedem. Ele se defendeu afirmando que não há maus tratos contra os animais. Escute os principais pontos da entrevista coletiva na reportagem de Fábio Mendes.

Mais Lidas