OAB-PE entra na Justiça contra auxílio-combustível de vereadores


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/01/2012 às 9:17
Leitura:
Do Redator de Plantão, da Rádio Jornal O aumento do auxílio-combustível dos vereadores recifenses provocou reclamações em variados setores da sociedade. A reação principal partiu da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Pernambuco (OAB-PE), que divulgou nota criticando a Câmara dos Vereadores. A ação direta de inconstitucionalidade será impetrada no Tribunal de Justiça de Pernambuco nos próximos dias. Cada um 37 representantes do povo no legislativo recebe R$ 2.300 por mês de auxílio combustível. Com o incremento de R$ 1.400  a partir de fevereiro, a verba chega a R$ 3.700. Em números, significa que o aumento foi de 60,8%, bem acima dos indicadores utilizados hoje. Como não poderia deixar de ser, a medida revoltou os eleitores do Recife e de outras cidades. O presidente da OAB-PE, Henrique Mariano, afirma que não há como justificar o auxílio combustível deste tamanho:

Mais Lidas