UNE pede para que ministro da educação investigue abusos da PM pernambucana


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/01/2012 às 12:54
Leitura:
Da Rádio Jornal O confronto entre policiais e os estudantes que protestavam contra o aumento da passagem de ônibus, ganha contornos nacionais com um pedido da União Nacional dos Estudantes (UNE) ao novo ministro da educação, Aloizio Mercandante, contra as suspeitas de violência policial durante os protestos. O pedido foi feito pelo presidente nacional da UNE, Daniel Ilesco, que informou o acontecido ao ministro e quer que ele interceda ao Governo de Pernambuco para apurar as denúncias de excesso de força por parte da Polícia Militar (PM), em especial, o Batalhão de Choque. O presidente da UNE declarou que estava decepcionado com o governador Eduardo Campos, que não teria feito nada contra os excessos da polícia. As passagens de ônibus da Região Metropolitana do Recife (RMR) tiveram aumento de 6,5%, que entrou em valor no último domingo (22). O novo ministro da educação, Aloizio Mercandante, deixou para a próxima semana a avaliação de todas as demandas da pasta e não confirmou o encontro com um grupo de estudantes. Confira na reportagem de Romoaldo de Souza, dos estúdios da Rádio Jornal em Brasília.

Mais Lidas