Estudantes fazem 4º protesto com apoio dos servidores do judiciário


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/01/2012 às 11:31
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizado às 18h50 Cerca de 500 pessoas participam do 4º protesto estudantil contra o aumento das passagens de ônibus de 6,5% no Recife, nesta sexta-feira (27). Após concentração o grupo saiu da Rua do Hospício, no bairro da Boa Vista, em direção à praça do Derby às 15h.  Acompanhe informações do repórter Erick França durante a concentração da passeata, em entrevista um professor de história apoia a iniciativa dos estudantes: No início da passeata, a reportagem conversou com organizador do movimento, que criticou reunião que houve com o governador Eduardo Campos e prometeu que o movimento não vai parar: Na Av. Conde da Boa Vista a caminhada interditou os dois sentidos da via. Já na Agamenon Magalhães, novamente os estudantes fecharam a via sentando no asfalto. Por volta das 17h quem aderiu ao movimento foram os servidores de justiça do estado de Pernambuco - Sindjud. A mobilização é contra a postura dos órgãos de segurança pública diante do confronto com  estudantes que discordam do aumento das passagens. O ato público de hoje também faz referência as famílias da ocupação de Pinheirinho, em São José dos Campos, no interior de São Paulo. Além do Recife, cidades de outros estados também fizeram manifestação semelhante. Acompanhe a reportagem de Erick França no momento em que o Sindjud passou a integrar o ato público: Ao final da passeata novamente o grupo se dirigiu ao Palácio do Campo das Princesas para pressionar o governador Eduardo Campos. Sobre o debate a respeito do tratamento dado pela polícia aos protestos estudantis, o site da Rádio Jornal está com uma enquete no ar para saber a sua opinião. Participe: A polícia agiu certo contra os estudantes? Participe da enquete e deixe sua opinião!

Mais Lidas