Novo protesto contra aumento de passagens de ônibus no Recife divide opiniões


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/02/2012 às 9:19
Leitura:
A novidade é que o ato desta quinta-feira (9) foi simultâneo pois ocorreu em outras cidades pelo país. Mais uma vez, os manifestantes se concentraram na Rua do Hospício, de onde saíram em caminhada pelas Avenidas Conde da Boa Vista e Agamenon Magalhães. O trânsito ficou congestionado e a volta para casa demorou bem mais tempo que nos dias rotineiros. Alguns grupos chegaram a parar os ônibus e abrir a força as portas traseiras para não pagar a passagem. O comitê contra o reajuste nas tarifas promete realizar novas mobilizações até que o percentual seja suspenso. Entre os usuários, as opiniões se divergem quanto à eficácia do protesto e dos transtornos provocados. Irritado com a demora o comerciário João Batista não escondia a critica ao movimento que parou o trânsito: Não faltaram declarações de apoio à mobilização para o movimento que quer anular o reajuste de 6,5%. Na Avenida Conde da Boa Vista, uma aposentada que não quis se identificar afirma que é justo abrir a boca: A Polícia Militar acompanhou o protesto desta quinta-feira mas não entrou em confronto com os manifestantes. Com o rosto encoberto, uma das participantes do ato repete o discurso contra o reajuste das passagens:

Mais Lidas