Mandante do assassinato de radialista em Vitória foi presidiário


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/02/2012 às 9:23
Leitura:
A polícia concluiu que presidiário mandou matar radialista que denunciava o tráfico de drogas em Vitória de Santo Antão. Luciano Pedroza, de 46 anos, apresentava programas na TV em uma emissora de rádio do município de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Ele foi executado com um tiro na cabeça quando saia de um restaurante no centro da cidade em abril do ano passado. O assassinato causou comoção já que milhares de pessoas acompanharam o enterro do radialista. A polícia apresentou nessa terça-feira (14) Dailton Gomes Brasil de 30 anos, que seria o autor do disparo contra Luciano Pedroza. Josué Correia de Oliveira, de 26 anos, o Binha, assassinado ano passado também esteve envolvido no homicídio. O contratante seria Josemar Soares da Silva, de 26 anos, o Mazinho, irmão de um traficante preso. Josemir Soares da Silva, de 32 anos, o Mica, ordenou a morte do radialista no interior do presídio de Limoeiro. Claudio Pereira da Silva chegou a ser identificado como sendo o motoqueiro que ajudou na fuga do pistoleiro. Alfredo Jorge, delegado do Departamento De     Homicídios E Proteção A Pessoa, DHPP, fala da motivação do crime:

Mais Lidas