Universitário esfaqueia duas pessoas e é morto

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/02/2012 às 7:55
Leitura:
Será sepultado às 10h, no cemitério Divinópolis no Município de Cajazeiras, na Paraíba, o corpo do estudante de fisioterapia Herbert Lucas Abreu Mendes, de 22 anos. Ele foi morto com um tiro no peito disparado pelo auditor fiscal da Receita Estadual João Francisco de Lima Cruz, 39 anos. Esse foi o desfecho trágico de uma história que começou quando o rapaz chegou em casa na noite de sábado (18), no Edf. Maison Chagall, Parnamirim.  De acordo com a polícia, o universitário estava sem roupa quando invadiu o próprio apartamento, no segundo andar, e esfaqueou a irmã Samara de Abreu Mendes, 18. Ela permanece internada no Hospital Agamenon Magalhães mas não corre risco de morte. Depois, ele invadiu outro apartamento e esfaqueou Arlete Souza Negrão, de 64 anos. A senhora faleceu na madrugada deste domingo num hospital particular. De acordo com o IML, ela será sepultada no estado do Ceará, onde residem os familiares. Em seguida, Herbert Lucas Abreu Mendes foi até o quarto andar, no apartamento do Auditor fiscam da Receita Estadual. Após atirar no universitário, João Francisco de Lima Cruz passou mal e está internado num hospital particular. De acordo com a polícia, quando receber alta médica, ele será levado para sede do DHPP, na Imbiribeira, onde vai ser autuado por homicídio e encaminhado ao Cotel, em Abreu e Lima. Herbert Lucas foi levado ao Hospital Agamenon Magalhães, lá mesmo no Parnamirim. Transferido depois para a Restauração, não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Mais Lidas