Brigas e depredações tiram brilho do desfile do Camburão da Alegria

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/02/2012 às 10:14
Leitura:
Do Redator de Plantão da Rádio Jornal Brigas e depredações de ônibus tiraram o brilho do desfile do bloco carnavalesco Camburão da Alegria, criado por policiais militares que trabalharam durante o carnaval. De acordo com os organizadores, cerca de 200 mil pessoas participaram da festa, nesse domingo (26), na orla de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O tema da agremiação carnavalesca neste ano foi  "Toda mulher é uma flor. Quem ama, cuida" numa referência à violência de gênero. Como era o último evento do reinado de momo, muitos foliões compareceram fantasiados e dispostos a cair no passo. A animação na Avenida Boa Viagem ficou por conta dos 10 trios elétricos com artistas locais e da frevioca. Mesmo sendo um bloco criado por policiais militares e bombeiros, várias brigas foram observadas ao longo do trajeto. Os ônibus que estavam parados num ponto de embarque e desembarque na Rua Padre Carapuceiro tiveram todos os vidros quebrados. O presidente do Camburão Da Alegria, Coronel José Almeida, explica o significado do tema do desfile: Durante o desfile, pouco depois de falar com a Rádio Jornal, o presidente do bloco sofreu um enfarto e foi socorrido ao hospital da Polícia Militar, de onde foi encaminhado ao Hospital Jayme da Fonte.

Mais Lidas