Polícia segue sem pistas sobre assassinato de comerciante


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/03/2012 às 10:20
Leitura:
Do Redator de Plantão, da Rádio Jornal A Polícia segue sem pistas da motivação do assassinato do comerciante cearense, mas descarta a hipótese de latrocínio. Giucélio Félix de Brito, de 24 anos, morava há cinco anos em Vitória de Santo Antão, no Agreste, e veio ao Recife vender confecções. O jovem foi assassinado na tarde de ontem, no bairro de Nova Descoberta, após dois homens em uma moto dispararem quatro tiros contra ele. Segundo testemunhas, Giucélio estava acompanhado de cinco funcionários, que não estavam com ele no momento do crime. Ele teria sido surpreendido após visitar uma loja, sendo executado à queima roupa ao se aproximar do carro dele, um fiat strada. O delegado à frente do caso, Ian Campos, dá mais detalhes dobre a perícia realizada no local do crime, pela equipe do Instituto de Criminalística.

Mais Lidas