Mais uma adolescente acusa médico de Catende de abuso sexual

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 22/03/2012 às 9:45
Leitura:
Uma menina de 14 anos prestou depoimento à polícia na tarde desta quarta (21) acusando o médico Gerlúzio Lira e Silva, de 60 anos. Segundo a vítima, ele prometeu um computador caso ela aceitasse um encontro num motel da cidade. Gerlúzio foi flagrado pela Polícia Militar com uma adolescente de 13 anos, portadora de epilepsia, em um motel, na última terça (20). De acordo com o delegado Marcelo Queiroz, responsável pelo caso, o médico foi encontrado apenas de cueca e a jovem com uma toalha. Os moradores de Catende estão culpando a mãe da jovem de 13 anos de ser cúmplice do abuso sexual. Para a população, a mulher, que não tem condições financeiras boas, recebia dinheiro e presentes do médico para manter a família. A mãe da vítima nega as acusações e diz que Gerlúzio apelas cuidava da filha durante os crises da doença: A polícia chegou ao médico depois de uma denúncia feita ao Disque100, um serviço nacional de proteção à criança e ao adolescente. A queixa foi formalizada pelo Conselho Municipal de Catende e a polícia se responsabilizou pela investigação da informação. O psiquiatra já foi encaminhado ao presídio Doutor Rorenildo daRocha Leão, no município de Palmares, também na Mata Sul do estado. O delegado responsável pela investigação, Marcelo Queiroz, detalha em quais crimes Gerlúzio Lira e Silva foi autuado: Leia mais: > Médico é flagrado em motel com adolescente de 13 anos > Médico é preso após flagrante de estupro

Mais Lidas