Santa Cruz vence Araripina e sobe duas posições


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/03/2012 às 22:15
Leitura:
Recuado, o Santa Cruz começou o primeiro tempo perdendo para o Araripina por 1x0 antes de reagir. Já no segundo tempo, Dênis Marques, Wililam e Carlinhos Bala aumentam o placar para o tricolor. Nos acréscimos, o Araripina finaliza com o último gol da partida. O jogo terminou em 3 x 2 para o anfitrião. Com a vitória, o Santa Cruz sobe temporariamente para o segundo lugar, atrás apenas do Sport. O Araripina permanece na zona de rebaixamento, à frente apenas do América. Foi jogo de gente grande. Nem parecia a partida entre um time do G-4 e outro da zona de rebaixamento que foi esperado. O primeiro tempo foi cheio de oportunidades tanto para o Araripina como para o Santa Cruz. Quem começou melhor, no entanto, foi o Araripina. Aos 9 minutos do primeiro tempo, Vanderlei abriu o placar para o Bode. Com um cruzamento de Gideon, Vanderlei aproveitou a falha de Tiago Cardoso, pegou a sobra da bola e fez gol no canto direito das traves do Santa Cruz. Ouça o gol de Vanderlei: Foi preciso sofrer o primeiro gol para que o Santa Cruz reagisse. Daí pra frente foram muitas oportunidades e muito trabalho para Bruno Grassi, goleiro do Araripina. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Geílson se envolve em jogada polêmica ao chutar para o gol e balançar a rede. No entanto, não houve gol de acordo com o árbitro. O Araripina reagiu bem ao ataque do Santa Cruz. Aos 34, o Bode protagoniza um belo ataque defendido por Tiago Cardoso. A bola, então sobra para o Santa no contra-ataque, que também não consegue marcar. Os dois goleiros se destacaram no primeiro tempo, com defesas muito importantes para as respectivas equipes. O primeiro tempo termina com um jogo equilibrado. De volta do intervalo, o Araripina já começa no ataque mas faz um segundo tempo mais fraco. Cheio de gols, os 45 minutos chegaram com ritmo rápido e mais quatro gols. O Santa Cruz precisava reagir e por volta 5 minutos, Luciano Henrique cobra uma falta perigosa na grande área, que Bruno Grassi defende. Pouco tempo depois, aos 6 minutos, o árbitro marca pênalti a favor do Santa Cruz. Ivson tenta cortar Natan numa jogada dentro da área, mas chuta o pé do jogador em vez da bola. Dênis Marques cobra e empata. A virada vem aos 14 minutos com William Alves, após cobrança de escanteio. Ele cabeceia a bola e Bruno Grassi perde a jogada. Em uma jogada emocionante aos 38 minutos, o Araripina faz múltiplas tentativas nas traves do Santa Cruz. Foi um bombardeio: rebote atrás de rebote, Tiago Cardoso fez graned defesa e o gol não saiu. Um minuto depois Carlinhos Bala marcou para o Santa Cruz do outro lado do campo. E quem achava que o jogo ia terminar desse jeito, estava enganado. Com três minutos de acréscimo, o Araripina não quis deixar por isso mesmo. De cabeça, Gideon acerta a rede tricolor, errando o goleiro Tiago por pouco. Público: 21.685 Com informações do Blog do Torcedor: Local: Arruda. Árbitro: Nielson Nogueira. Assistentes: Albert Júnior e Paulo Steffanello. Gols: Vanderlei, aos 9 do primeiro. Dênis Marques, aos 6; William Alves, aos 14; Carlinhos Bala, aos 39; e Gideon, aos 46. do segundo. Cartões amarelos: Memo, Carlinhos Bala, Cristiano Sergipano, Vanderlei, Bruno Grassi e Jackson.

Mais Lidas