Juiza tem 48 horas para definir guarda de filho de Izaelma

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/03/2012 às 17:56
Leitura:
Da Rádio Jornal Já está na Vara da Infância e da Juventude do Fórum de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, o filho da professora Izaelma Cavalcante, assassinada em Olinda no ano de 2011. A criança de 5 anos estava desaparecida desde o dia da morte de Izaelma, em  3 de dezembro de 2011, e teria sido sequestrada pelo pai, que também é suspeito de cometer o assassinato, o policial civil Eduardo Moura Mendes. Há três semanas o menino foi entregue à avó paterna, Lourdes Moura, que no dia 14 de março protocolou uma petição à justiça pedindo a guarda da criança. A polícia descobriu que o menino estava com Lourdes, através da informação da avó materna, Antônia Cavalcanti, que denunciou Lourdes e pediu direito à guarda do neto. Agora a juíza titular da vara Maria Amélia Pimentel Lopes tem 48h para proferir a decisão dela sobre as guarda da criança. Acompanhe os detalhes do caso na reportagem de Erick França. > LEIA TAMBÉM: Guarda do filho da professora Izaelma Cavalcante deve ser definida nesta segunda

Mais Lidas