Polícia conclui inquérito sobre universitário morto após assassinar vizinha e tentar matar irmã

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/04/2012 às 15:24
Leitura:
Após dois meses de investigação a Polícia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira (11) a conclusão dos três inquéritos a respeito da morte do estudante de fisioterapia Hebert Lucas de Abreu Mendes, de 22 anos. A polícia concluiu que o auditor fiscal João Francisco Lima Cruz agiu em legítima defesa quando atirou contra o estudante. Hebert havia tentado matar a irmã e espancado brutalmente uma vizinha, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Relembre este caso, que ocorreu em fevereiro, e entenda o inquérito na reportagem de Renato Barros:

Mais Lidas