Morte de engenheira civil após internamento gera dúvida entre familiares e polícia


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/04/2012 às 15:54
Leitura:
A morte da engenheira Alzira Cortez de Souza, 58 anos, ocorrida na última segunda-feira (9) após internamento no Hospital da Restauração, levantou dúvidas entre os familiares da vítima a respeito da causa do falecimento. De acordo com o hospital a causa da morte teria sido um Acidente Vascular Cerebral, mas a sua família suspeita que ela tenha sido vítima de espancamento. Vizinhos de Alzira alegaram que por várias vezes ela aparecia com marcas pelo corpo, mas afirmava que as marcas eram fruto de acidentes. Após necropsia realizada pelo IML foi identificado que o crânio da engenheira apresentava hemorragia interna. As investigações do caso estão sob a responsabilidade da Delegacia de Jaboatão dos Guararapes. Saiba outras informações na reportagem de Elton Ponce:

Mais Lidas