Projeto Rádio do Povo chega na UR-6, em Jaboatão dos Guararapes


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/04/2012 às 18:43
Leitura:
Reportagem Fábio Jardelino O projeto Rádio do Povo, da Rádio Jornal, está nesta semana na comunidade da UR-6, no Ibura, em Jaboatão dos Guararapes, onde oferece, gratuitamente, na Associação de Moradores, os cursos cozinha experimental - Panela de Barro e Pintura Imobiliária, oferecido pelas Tintas Iquine. Além das aulas, a Rádio Jornal também dá espaço aos moradores que queiram reclamar sobre os problemas diários que a comunidade sofre. Na UR-6 foi unânime entre os populares que o principal problema é a falta de iluminação pública. Segundo eles, várias ruas estão com os postes apagados, o que gera um clima de insegurança na vizinhança. Segurança pública, inclusive, também é outro quesito bastante criticado pelos moradores. Segundo eles, o bairro não conta com nenhum núcleo policial e as rondas que são feitas pelos militares, esporadicamente, não são suficientes para conter a criminalidade. "Minha filha, de 22 anos, larga da aula às 22h. Quando ela está chegando aqui, pede para eu ficar na porta por que tem medo de passar na rua escura. É muito perigoso", conta a dona de casa Dinalci Soares da Silva, de 51 anos. Ela mora na Rua da Paz, um dos trechos mais afetados pela falta de iluminação pública. Um grande problema da comunidade, também apontado por um morador, o funcionário público Davi Alves da Silva, é o da água. "Não é falta de água e sim o desperdício dela. Já denunciamos várias vezes para a Compesa e nada. Uma vez até veio um fiscal aqui e disse que não pode cortar as ligações ilegais por que não pode se responsabilizar. Ele disse que eu deveria assumir os cortes. É um absurdo", informou. Davi ainda explica que vários canos estão estourados, o que provoca um grande desperdício da água. "Quando o homem solta a água, de tarde, o que mais se vê por aqui é a água jogada na rua por causa dos canos estourados", completa. Além dos problemas estruturais do bairro, uma outra reclamação está no lazer dos moradores. A única quadra esportiva do local, que é frequentada por crianças, jovens e idosos, está em péssimo estado. Grades enferrujadas, buracos nas placas de concreto e o mato que cresce nos arredores, deixa o local com um aspecto de abandono. "Se as crianças jogarem descalças aqui, acabam se cortando. Eu mesmo já tirei um espinho grande do pé de um menino. Não tem condição de continuar assim", conta a dona de casa e voluntária na associação de moradores da comunidade, Raquel Mendonça da Silva, 28 anos. "A prefeitura fez uma reunião aqui em 2010 e perguntou se a comunidade queria que a praça tivesse uma quadra esportiva. Preferimos que tivesse mais verde e que a quadra aqui da associação dos moradores pudesse ser reformada para a comunidade. Pois a prefeitura organizou a praça e esqueceu aqui da quadra", completa Raquel. O projeto fica na comunidade até a próxima sexta-feira (25) e no sábado será realizado o Projeto Resgatando Cidadania, onde os moradores poderão usufruir de diversos serviços, entre eles a retirada de documentos, das 8h às 12h, na Associação dos Moradores da UR-6, Ibura.

Mais Lidas