Bancos não cumprem termo de segurança e Ministério Público realiza audiência extraordinária


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/04/2012 às 7:14
Leitura:
Do Redator de Plantão Acabou a paciência do Ministério Público (MP) com os bancos em relação ao termo de ajustamento de conduta sobre segurança nas agências. A reunião programada para a tarde desta quarta-feira (25) foi cancelada porque a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) pediu um novo prazo de 30 dias. Diante do impasse, o promotor de defesa do consumidor Ricardo Coelho convocou uma audiência em caráter extraordinário para esta quinta (26), às 14h, na sede do MP, na Boa Vista, área central do Recife. Foram convidados representantes do Procon estadual e municipal, policias militar e civil e do sindicato dos bancários. Em pauta, o início das interdições de agências que não cumprem as normas de segurança definidas por lei.

Mais Lidas