Exoneração de comissário da Polícia Civil acusado de matar professora está mais próxima


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2012 às 10:43
Leitura:
A corregedoria da Secretaria de Defesa Social do Estado divulgou, nesta quinta-feira (11), uma deliberação do processo administrativo disciplinar que pede demissão do policial Eduardo Moura Mendes, acusado de assasinar, em dezembro de 2011, a professora Izaelma Cavalcati Tavares com oito tiros (ela ainda sofreu um acidente durante o socorro, quando a ambulância que a transportava para o hospital capotou). Depois do crime, ele desapareceu com o filho do casal. O pedido será encaminhado para o Governador Eduardo Campos, que deve assinar a decisão. Ouça reportagem completa de Everson Teixeira:

Mais Lidas