Familiares e policias acompanham sepultamento de tenente coronel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2012 às 14:56
Leitura:
Da Rádio Jornal Familiares e centenas de policiais prestaram as últimas homenagens durante velório e enterro do tenente coronel Marinaldo Lima, de 49 anos, no cemitério de Santo Amaro, área central do Recife. Ele se suicidou com um tiro na cabeça na tarde dessa quinta-feira (10) dentro da Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco, também no bairro de Santo Amaro. Entre as autoridades presentes na cerimônia estava o secretário de defesa social Wilson Damázio, que com lamentou a perda e descartou a hipótese de que o policial passasse por pressão no cargo que ocupava há nove meses. Ele estava fazendo um excelente trabalho a frente do 13º batalhão e batendo todas as metas. As cobranças são normais em qualquer atividade do ser humano, comentou Damázio. Outra hipótese levantada por colegas do tenente para o suicídio eram as dívidas acumuladas pelo policial, que, segundo informações extra-oficiais, chegariam a 200 mil reais. A família não quis falar sobre o assunto. Acompanhe os detalhes dessa despedida na reportagem de Karoline Fernandes:

Mais Lidas