Os bastidores do programa Redator de Plantão

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2012 às 18:34
Leitura:

Por Milenna Gomes

Há quase 20 anos, os ouvintes da Rádio Jornal que levantam cedo se atualizam com o Redator de Plantão. O programa, que vai ao ar de segunda a sábado, das 6h às 6h40, relembra os fatos marcantes do dia anterior, sempre com uma novidade sobre o assunto, adianta os principais acontecimentos agendados para o dia e traz as opiniões de Ednaldo Santos, Romoaldo de Souza e Aldo Vilela em comentários sobre temas cotidianos e da política. É o jornal para quem não tem tempo de ler jornal. Bem cedinho, antes de sair de casa, no carro ou no fone de ouvido dentro do ônibus, dá para ficar antenado com tudo o que acontece no Estado, no Brasil e no mundo, só sintonizando a AM 780.


Renata é estagiária, mas trabalha duro como os profissionais

Quem ouve o Redator de Plantão às 6h, com o dia ainda clareando, nem imagina que o trabalho para deixá-lo pronto teve início às 18h da noite anterior, ou seja, 12 horas antes do programa começar. A primeira a chegar na redação da Rádio Jornal para colocar a mão na massa é a estagiária Renata Monteiro. Antes mesmo de respirar, ela faz uma uma ronda de trânsito – linguagem jornalística para dizer que a pessoa procura saber o que está acontecendo pelas vias do Grande Recife (acidentes, congestionamentos, sinais quebrados, etc.). As informações coletadas por Renata saem ao vivo no futebolístico Bola Rolando.


O Redator Zé Roberto não perde tempo na apauração

Aí,sim, a vida dela na produção do Redator pode começar. A função de Renata é reunir todas as matérias que foram veiculadas na rádio durante o dia e fazer uma sinopse de cada uma. A lista é encaminhada para Zé Roberto, diretor do programa, que decide quais notícias merecem ser repercutidas no dia seguinte. Quando ele chega, entre 19h30 e 20h, checa os e-mails afim de se inteirar das novidades. Pode ser um festival de música que vai começar, a paralisação de alguma categoria de trabalhadores, o fim de um prazo importante. Enfim, o que interessar mais aos ouvintes. Escolher já é moleza para ele, afinal, são16 anos na mesm função.


A repórter Amanda Machado correndo para a matéria

Ele também dá uma analisada na lista de sinopses feita por Renata, faz uma pré-seleção do que pode entrar no programa e libera ela para ir ao estúdio. Lá, ela ouve todas as reportagens e seleciona e edita as que serão utilizadas no Redator. Enquanto isso, Zé fica na redação fazendo os textos que serão lidos ao vivo pelos apresentadores Rinaldo Melo e Paulo Roberto. O impressionante é que ele, para ganhar tempo, escreve tudo sem ouvir os audios que estão com Renata e, mesmo assim, tudo sai bem casadinho. Experiência é tudo.




As sonoras com entrevistados são gravadas na mesa dele, pelo telefone. Zé, geralmente, liga para as fontes falarem coisas novas sobre assuntos velhos ou explicar algo que deva acontecer no dia. Mas essa tarefa nem sempre é fácil. Como a produção do Redator acontece à noite, muita gente já não está mais disponível ou não topa mesmo conceder as entrevistas. Nessas horas, jogo de cintura são as palavras de ordem. Sorte é que o Redator tem um repórter à noite que fica na rua fazendo apuração e sempre traz notícias atualizadas. Handerleiy Souza é quem acupa esse posto, mas Amanda Machado estava no lugar dele no momento desta matéria.


O texto do Redator de Plantão já tomando forma

É possível que o Redator de Plantão seja o programa mais peculiar da Rádio Jornal. De todos os existentes, ele é o único produzido para o dia seguinte e não para minutos depois, como é de costume no veículo. O boletim diário também é o único no qual produção e apresentadores nunca se encontram.


Duas cópias do Redator, uma para cada apresentador

Finalizados os textos, entrevistas e edições, Renata coloca, lá pelas 2h, os arquivos no computador do técnico de áudio que vai operar o programa de manhã. Já Zé confere tudo, deixa os textos com a ordem tradicional do Redator de Plantão impressos em uma das mesas e vai embora. O intervalo no trabalho é interrompido próximo das 6h, quando os apresentadores chegam e despertam os ouvintes com o que há de mais quente no jornalismo.

Mais Lidas