Comado Militar do Nordeste deve concluir investigação de morte de soldado em 40 dias

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/05/2012 às 10:59
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizado às 14h15 Na manhã desta segunda-feira (14), uma coletiva, realizada no Comando Militar do Nordeste, no Curado, Zona Oeste do Recife, para os primeiros esclarecimentos oficiais em relação à morte do soldado Leandro Henrique da Silva do Nascimento, 19 anos. Ele morreu após levar um tiro, que teria sido disparado acidentalmente pelo também soldado Lucas Henrique do Nascimento. O caso aconteceu por volta das 6h do último sábado (12). Saiba mais no flash de Renato Barros, da Rádio Jornal. Será sepultado logo mais, às 14h, no Cemitério Parque das Flores, o corpo de Leandro Henrique Silva do Nascimento. Ele, que nesta segunda, iria completar 20 anos morreu neste final de semana vítima de disparo de arma de fogo. O soldado do exército foi baleado pelo colega que iria render o plantão no Edifício 19 de Abril, na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife. No prédio de propriedade das forças armadas residem generais e oficiais visitantes de outros batalhões. De acordo com as primeiras informações, Lucas do Nascimento, 19 anos, brincava com a pistola quando disparou acidentalmente. O caso será investigado através de um inquérito militar do 4º Batalhão de Polícia do Exército e da 3ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, DHPP, na Imbiribeira, Zona Sul da capital pernambucana.

Mais Lidas