Pernambuco ganha mais duas maternidades num prazo de dois anos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/05/2012 às 8:18
Leitura:
Do Redator de Plantão O plano de investimento em assistência obstétrica de alto risco está sendo lançado, na manhã desta segunda-feira (14), no Palácio do Campo das Princesas, pelo governador Eduardo Campos. R$ 78 milhões serão investidos na ampliação e descentralização dos serviços num prazo de dois anos. Mais da metade do dinheiro será empregada na construção do hospital da mulher em Caruaru, Agreste pernambucano. Serão 160 leitos, dos quais 36 de alto risco e 30 de UTI adulto e neonatal. A unidade será referência para trinta e dois municípios do agreste do estado. A maternidade metropolitana sul de alto risco será erguida em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife (RMR). A maternidade Brites de Albuquerque, em Olinda (RMR), será contemplada com UTI neonatal, UTI obstétrica e bloco cirúrgico. As outras unidades que integram o plano são Hospital João Murilo, em Vitória, Mata Sul do Estado; Professor Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, Sertão pernambucano; e Hospital Dom Malan, em Petrolina, também no Sertão do Estado.

Mais Lidas