Estudante paulista é condenada por ofender nordestinos em redes sociais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/05/2012 às 8:55
Leitura:
Do Redator de Plantão

A estudante universitária Mayara Petruso, de São Paulo, foi condenada a 1 ano, 5 meses e 15 dias de prisão. Ela ficou conhecida em todo o país por postar mensagens discriminatórias e incitando a violência contra os nordestinos na página pessoal do Twitter. A sentença foi assinada pela juíza federal Mônica Aparecida Bonavina Camargo, da 9ª Vara Federal Criminal. A pena foi convertida em prestação de serviço comunitário e pagamento de multa e indenização no valor de quinhentos reais. Como a decisão é de primeira instância, a estudante Mayara Petruso pode ingressar com um recurso na justiça federal.

Mais Lidas