Ferro: "Aviso à militância, que foi desrespeitada no seu voto: ainda não acabou"


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/06/2012 às 8:55
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizada às 9h38

"Estranhamente, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, pediu para eu me retirar - já tinha se retirado o deputado Maurício Rands e o deputado João Paulo -, mas eu gostaria de ter participado desta reunião. Não tenho medo de debate e gostaria de explicar a minha opinião sobre a situação do Recife. Fui impedido de falar. A reunião da executiva se tornou uma reunião secreta, onde (sic) todo mundo já sabia o resultado." Essas foram as primeiras palavras do deputado federal Fernando Ferro, em entrevista ao comunicador da maioria, Geraldo Freire, na Rádio Jornal. Mostrando-se bastante indignado com a situação, Ferro afirmou ainda que o próprio senador Humberto Costa,  indicado pela cúpula nacional para ser o candidato do partido nas eleições 2012, está "acabrunhado, meio triste, porque eu sei que no fundo do coração dele, ele acha que isso não é uma coisa boa." Encerrando o deputado afirmou também que as coisas não estão decididas. "Quero avisar para nossa militância, pros petistas que foram desrespeitados no seu voto, àqueles que votaram à favor e contra, que foram todos desmoralizados, que não está encerrada esta questão". Confira a entrevista na íntegra no áudio abaixo:

Pouco depois, Geraldo Freire conversou com o deputado Mendonça Filho, pré-candidato pelo Partido dos Democratas à prefeitura do Recife. Mendonça disse que não escolhe adversário, podendo ter sido Humbeto, João da Costa ou Maurício Rands. Escute a entrevista no link abaixo:

Mais Lidas