Leilão da Usina Catende é remarcado para 31 de julho


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/06/2012 às 9:39
Leitura:
Ninguém apareceu na tarde desta quarta-feira (13) para arrematar a propriedade rural de 210 hectares, o mercado da Usina. A planta industrial, o grupo de quatro geradores, além de vários veículos, tratores e máquinas agrícolas. Tudo seria vendido por R$ 100.785.893,00. A Usina Catende, na Zona da Mata Sul, foi fundada no século XIX e na década de 30 chegou a ser a maior do Brasil em produção de açúcar. No entanto, a crise financeira chegou ao auge com a decretação da falência em 1995. Atualmente, os débitos junto aos trabalhadores rurais chegam a R$ 160 milhões. Bruno Ribeiro, advogado dos funcionários da Usina, se mostra preocupado com o futuro da massa falida. LEILÃO USINA CATENDE - ADVOGADO 14.06.12 A Justiça já marcou um novo leilão para 31 de julho com lance mínimo de R$ 65.500.000. Os interessados devem comparecer ao plenário     da primeira vara do Tribunal do Júri da Capital do Fórum Joana Bezerra, no Recife, às 15h. O edital com todos os detalhes da venda será publicado até 12 julho no Diário da Justiça Eletrônico. Silvio Beltrão, juiz da 18ª Vara Cível da capital admite a possibilidade de um arrendamento. LEILÃO USINA CATENDE - JUIZ 14.06.12

Mais Lidas