Operação padrão começa a retardar atividades de alfândega e delegacia da Receita Federal


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/06/2012 às 14:40
Leitura:
Da Rádio Jornal A operação padrão iniciada na segunda-feira (18) por auditores da Receita Federal em todo o país, e que foi aderida também em Pernambuco, já reflete seus efeitos no Estado. Os trabalhos dos auditores de fiscalização em portos, aeroportos, e na delegacia da Receita Federal, ficam mais rigorosos e, portanto mais lentos. A mobilização, que até o início da manhã ainda não tinha mostrado grandes efeitos, ao longo desta terça-feira (19) passa a mostrar os seus efeitos. O retardo das ações da Receita pode afetar, inclusive, os contribuintes na malha fina. A operação padrão segue por tempo indeterminado. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes:

Mais Lidas