Homem que matou e esquartejou esposa dentro de casa por ciúmes já está no Cotel


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/06/2012 às 8:30
Leitura:
Do Redator de Plantão Atualizada às 11h08 Homem diz ter matado e esquartejado corpo da esposa restos mortais foram deixados na portada casa da mãe dele, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana do Recife. Luiz Antônio dos Santos, de 34 anos, já está no Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, à disposição da justiça. Ele confessou, com detalhes, o crime bárbaro praticado, neste final de semana, contra Mirtes Juliana Araújo, de 27 anos. De acordo com a polícia, o acusado assassinou a mulher com um pedaço de ferro, após uma discussão no interior da residência, na Vila Sotave. Depois dividiu o corpo em três sacos plásticos e em seguida seguiu para Vila Rica, para a casa da mãe dele. A idosa, de 67 anos, ficou em estado de choque assim que viu a cena tão macabra, mas conseguiu acionar a polícia militar. O filho de oito anos do casal não viu nada da extrema violência, embora os dois viviam discutindo. Joseane Xavier, vizinha do casal se mostra chocada com a tragédia que vitimou uma educadora: As equipes de investigação apuraram que o casal residia na Rua Santa Maria, na Vila Sotave, há três meses. O relacionamento entre Luiz Antônio dos Santos e a professora Mirtes Juliana Araújo durou 11 anos. Para chegar na casa da mãe, o acusado teve que pegar dois ônibus e contar ainda com a inocente ajuda de populares. Maria de lourdes é vizinha da idosa do acusado ela relembra as cenas chocantes com a mulher em pedaços: Os restos mortais da professora Mirtes Juliana Araújo serão sepultados às 11h, no Cemitério de Jaboatão. Luiz antônio dos santos vai responder por homicídio quadruplamente qualificado por conta dos requintes de crueldade, impossibilidade de defesa para a vítima, esquartejamento do corpo e ocultação do cadáver. João Felipe, delegado de plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) relata alguns detalhes da ouvida do marido assassino: Confira novidades sobre este crime bárbaro na reportagem abaixo, do repórter Fábio Mendes, da Rádio Jornal:

Mais Lidas