Família de jovem assassinado por ser confundido com homossexual está em choque


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/06/2012 às 15:40
Leitura:
Da Rádio Jornal Os familiares de José Leonardo da Silva, de 22 anos, ainda estão inconformados com a morte do rapaz. Ele foi assassinado no município de Camaçari, na Bahia, em um crime com características de preconceito de gênero. Ele era pernambucano, da cidade de Ibimirin, no Sertão do Estado, e o corpo dele foi sepultado na última terça-feira (26) no cemitério da cidade. José foi morto quando voltava de uma festa com o irmão e foi abordado pelos assassinos que os atacaram, com facas e paralelepípedos. Entenda o crime na reportagem de Elton Ponce:

Mais Lidas