Suspeito de assassinar candidato a prefeito de Belo Jardim se entrega à polícia


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/07/2012 às 21:27
Leitura:
Do Redator de Plantão da Rádio Jornal O suspeito de assassinar o candidato à prefeitura de Belo Jardim, Carlei Gerlan Barros de Melo, se entregou na última sexta-feira (13). Teodomiro Rufino Leal Neto, é vigilante, tem 38 anos e alegou ter matado o candidato por legítima defesa. Mas de acordo com a polícia o crime foi passional e está descartada a motivação política. Carlei foi assassinado na última segunda-feira (9) e o corpo dele foi encontrado em uma estrada de terra no centro de Belo Jardim com três tiros. Entenda o caso e os últimos dados da investigação na reportagem de Simone Santos:

Mais Lidas