Sport arranca empate fora de casa contra a Ponte

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/07/2012 às 22:07
Em mais um jogo oscilante, a equipe rubro-negra sai de Campinas com um ponto importante contra um adversário direto na luta para distanciar do Z-4. Mais um vez, o nome da partida foi o goleiro Magrão.  O arqueiro rubro-negro foi responsável por fechar o gol leonino praticando defesas milagrosas, impedindo que a Ponte saísse com a vitória. Com este resultado, o time do Sport está no 12º lugar, podendo cair uma posição em caso de vitória do Palmeiras ainda nesta rodada. Já a ponte, 9ª colocada, pode também perder uma posição se a equipe do Flamengo vencer seu jogo diante da Lusa, no Engenhão. O JOGO O jogo começou com o Sport mostrando um futebol discreto, e com a equipe da Ponte indo pra cima. Logo aos 6 minutos, a Macaca abriu o placar. Em um erro de Gilberto no meio de campo, a bola sobra para Rildo, que desce pela esquerda, entra na grande área e, de letra, cruza para  André Luiz empurrar para o fundo do gol. O esquema do time 4-5-1 do time pernambucano, com Gilberto isolado na frente, não foi suficiente para que o time Leonino tivesse o domínio no meio de campo. Errando muitos passes, a equipe do Sport tinha dificuldades para sair ao ataque.  O time da Ponte, aproveitando a frágil e insegura defesa rubro-negra, descia em jogadas rápidas explorando principalmente o lado esquerdo do campo. Apenas aos 18 minutos de partida, o leão fez sua primeira jogada de perigo em uma troca de passes pela esquerda entre Gilberto, Marquinhos e Reinaldo. Este cruza para grande área obrigando Édson Bastos a praticar uma bela defesa. Cinco minutos depois, mesmo com a Ponte melhor em campo, o time do Sport consegue o empate. Em velocidade pela direita, Cicinho toca para Rivaldo, que passa pra Willians, e este dá voltando. De fora da área, Marquinhos Gabriel solta uma bomba sem chances para o goleiro da Ponte. Um golaço! Após o empate, a equipe do Sport equilibrou as ações, e teve uma chance ainda no primeiro tempo de virar a partida com Reinaldo.  Aos 30 minutos, Felipe Azevedo lança Reinaldo que entra cara a cara com o Edsón Bastos. Este cresce no lance e pratica uma bela defesa. Na etapa complementar, o time da ponte teve novamente  a iniciativa do jogo. Com mais posse de bola, a Macaca foi pra cima para tentar o gol da virada. Aos 29 minutos, João Paulo cruza e o substituto do artilheiro Roger na partida, Rildo, completa de cabeça para o gol obrigando a Magrão praticar grande defesa. Novamente Rildo, aos 35 minutos, faz bela jogada e chuta. O paredão da Ilha do retiro defendeu o arremate e, na sobra, o atacante Marcinho pega mal na bola mandando por cima do gol. Semelhante ao primeiro tempo, com a Ponte melhor em campo, quase que o Sport vira o jogo. Numa saída errada do goleiro Édson Bastos, Gilberto se antecipa e vai a linha de fundo. Sem ângulo, ele chuta para o gol vazio, e a bola caprichosamente sai pela linha de fundo. Nos últimos minutos da partida, a Macaca foi para cima em busca do gol da virada. Aos 44 minutos Magrão decreta o empate Rubro-negro após praticar defesa milagrosa em uma cabeçada do atacante Marcinho. Na próxima rodada , o Sport pega em casa o Atlético Goianiense, lanterna da competição. Já a equipe da Ponte Preta, enfrenta o Santos na Vila Belmiro. Ouça os gols clicando no link abaixo: Ponte Preta 1 X 0 Sport Ponte Preta 1 X 1 Sport FICHA DO JOGO Ponte Preta 1 x 1 Sport PONTE PRETA: Edson Bastos; Gerônimo, Tiago Alves, Ferron e João Paulo; Baraka, Renê Júnior, Ricardinho e Nikão; André Luis e Rildo. Técnico: Gilson Kleina. SPORT: Magrão; Cicinho, Bruno Aguiar, Aílson e Reinaldo; Tóbi e Rivaldo; Willans (Moacir), Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo; Gilberto Técnico: Vágner Mancini. Campeonato Brasileiro Série A 2012, 12ª rodada. Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Data: 25 de julho de 2012, quarta-feira. Horário: 19h30 (de Brasília). Árbitro: Héber Roberto Lopes. Assistentes: Tatiana Jacques de Freitas e Guilherme Dias Camilo. Gols: Rildo (Ponte Preta), aos 5, e Marquinhos Gabriel (Sport), aos 21 minutos do primeiro tempo. Cartão amarelo: Ferron (Ponte Preta). Willans, Rivaldo, Tóbi, Bruno Aguiar (Sport). Público: 4.117. Renda: R$ 39.798.