Falta de apoio financeiro limita programação em memória do Rei do Baião Luiz Gonzaga

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/08/2012 às 7:56
Da Rádio Jornal Atualziada às 09h21  No dia 02 de agosto de 1988, a vos forte que marcou a música nordestina tentou se calar. Há 23 anos, morreu Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Mas nem as músicas nem o jeito irreverente do Seu Lua foram esquecidos depois da morte do autor. O Asa Branca voou para a eternidade, mas deixou uma vasta obra e um exemplo de vida, que deve ser seguido. Saiba mais no flash de Érick França, especial para a Rádio JC/CBN. Os 23 anos da morte do Rei do Baião estão sendo lembrados também com a vigília de sanfoneiros e admiradores de Luiz Gonzaga. O espaço Nosso Quintal, no bairro dos Torrões, Zona Oeste do Recife, próximo à Chesf, está decorado com fotos, discos e outras alusões ao Mestre Lua. Confira as informações no flash do repórter Fábio Mendes, da Rádio Jornal.