Náutico atropela o São Paulo nos Aflitos e o Sport perde no Engenhão

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/08/2012 às 1:06
Da Rádio Jornal Em partidaço nos Aflitos, o  Náutico atropelou o São Paulo nesta quarta-feira (15). O jogo foi todo do time recifense que pressionou desde o início. Desde o começo do primeiro tempo, o time alvirrubro veio pressionando o São Paulo e, logo nos primeiros minutos, houve um lance perigoso em que o ataque alvirrubro chegou em cima da zaga do São Paulo, mas os atacantes se complicaram na pequena área. Ao fim do lance, o atacante Rhayner ficou caído. Aos seis minutos, numa cobrança de falta de Souza, Rogério Ceni espalmou e sobrou para Kieza que, na cara do gol, perdeu a chance de marcar de rebote. Foi aos doze minutos que o Náutico abriu o placar no Eládio de Barros Carvalho. Numa jogada perigosa com muitos jogadores na área do São Paulo, o jogador Rafael Tolói parou a bola com o braço foi pênalti para o timbu. Quem cobrou foi Kieza que mandou de pé direito uma bola rasteira no canto esquerdo do arco de Ceni. Em jogadas rápidas de contra-ataque, com destaque para o volante Souza, que puxou várias jogadas na partida, o time alvirrubro não media esforços para chegar ao campo adversário. Aos 28 minutos, Rhayner bateu no canto do goleiro Ceni, que fez uma ótima defesa mas que, mais uma vez, deixou o rebote para Araújo botar para o fundo da rede. Dois a zero para o Náutico. O São Paulo assustou em algumas chegadas rápidas e cruzamentos fechados na área do Náutico e também numa cobrança de falta de Rogério Ceni, mas sem sucesso. O segundo tempo foi todo do Náutico, apesar de o São Paulo ter voltado com mais incisivo nas jogadas. Numa das jogadas de velocidade de Souza, o mesmo bateu com força e o goleiro do São Paulo mandou para escanteio. Com o chute de escanteio, Ceni se atrapalhou aio tentar afastar a bola, que acabou indo em direção ao gol. Gol contra do Rogério Ceni. Três a zero pro Náutico. Com o bom resultado dentro de casa, o timbu sobe para a 12ª posição na tabela e fica com 20 pontos. Já o time paulista cai na competição e fica em 8º lugar. Na próxima rodada, o time alvirrubro enfrenta o Bahia, 16º colocado com 16 pontos, também nos Aflitos, no sábado (15) às 18h30. O São Paulo enfrenta a Ponte Preta no Morumbi às 21h30. Ouça os gols da partida: Nautico 1 x 0 São Paulo Náutico 2 x 0 São Paulo Náutico 3 x 0 São Paulo FICHA DO JOGO Náutico 3x0 São Paulo Náutico: Gideão; Patric, Marlon, Ronaldo Alves (Jean Rolt) e Douglas Santos (Lúcio); Elicarlos (Ramírez), Martinez e Souza; Rhayner, Araújo e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo. São Paulo: Rogério Ceni; João Felipe (Casemiro), Rafael Tolói e Rodolfo; Doulgas (Paulo Assunção), Denilson, Maicon, Jadson (William José), Cícero e Bruno Cortez; Ademilson. Campeonato Brasileiro da Série A - 2012. Local: Aflitos, no Recife. Árbitro: José de Caldas Souza (TO). Auxiliares: Carlos Emanuel Manzolillo (TO) e Lúcio da Silva Mattos (PA). Gols: Kieza, aos 12, Araújo, aos 28 do primeiro tempo. Rogério Ceni, contra, aos 18 do segundo tempo. Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Kieza, Souza e Ramírez (Náutico), Rodolfo, João Filipe e Douglas (São Paulo). BOTAFOGO X SPORT E foi no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (15), que o Sport perdeu de 2 a 0 para o Botafogo, no estádio do Engenhão, completando oito rodadas sem vencer e entra na zona de rebaixamento na Série A do Brasileirão. No primeiro tempo, o time rubro-negro se mostrou mais atuante chegando na área do Botafogo, se portando como o mais perigoso em campo. Apesar das jogadas de perigo, o time não conseguia finalizar com gols. A defesa do Sport, mais bem preparada e articulada que os jogos anteriores, dificultou a vida dos atacantes alvinegros, que não conseguiam articular as jogadas na zona de perigo. O primeiro tempo foi de pouca finalização para ambas as equipes. Foi após os 15 minutos do primeiro tempo que o Sport embalou, mas sem qualidade nas finalizações e nas jogadas de contra-ataque. Na metade do primeiro tempo, Hugo marca de cabeça, mas o árbitro anulou assinalando impedimento de Felipe Azevedo, que fez o cruzamento. No segundo tempo, o Sport continuou bem defensivamente e sem aproveitar as chances na área adversária. Aos 21 minutos, num cruzamento alvinegro pela direita, Bruno Aguiar desviou, mas a bola sobrou para Elkeson que chutou no canto direito de Magrão. O gol do Botafogo incentivou o time e a torcida que, até então, vaiava o time. O primeiro gol também desestabilizou o time rubro-negro abrindo espaço para o Botafogo ampliar o placar aos 31 minutos, em um erro de saída de defesa, Rivaldo erra o passe e deixa a bola no pé de Seedorf, que entrou na área e chutou rasteiro no arco do goleiro Magrão. Placar final: Botafogo 2 x 0 Sport. Com o resultado, o time rubro-negro fica em 17º na tabela com 14 pontos e enfrenta, no próximo sábado (18) o Fluminense, às 18h30, no Rio de Janeiro. Já o Botafogo, também no domingo, enfrenta o Atlético-MG, às 16h e, com o resultado desta noite, sobe para a sexta posição na tabela da série A do Brasileiro. Ouça os gols da partida: Botafogo 1 x 0 Sport Botafodo 2 x 0 Sport Ficha técnica Botafogo: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Lima; Renato (Rafael Marques), Jadson, Andrezinho, Seedorf (Gabriel) e Felipe Gabriel (Cidinho); Elkeson. Técnico: Oswaldo de Oliveira. Sport:  Magrão; Moacir, Aílson, Diego Ivo (Bruno Aguiar) e Rivaldo; Tobi, Rithelly, Naldinho (Renan) e Hugo (Gilberto); Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo. Técnico: Gustavo Bueno. Local: Engenhão, Rio de Janeiro. Árbitro: Antônio Rogério Batista do Padro. Auxiliares: Carlos Nogueira Júnior e Bruno Salgado Rizo. Gols: Elkeson, aos 21 minutos, e Seedorf, aos 31 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos: Moacir e Naldinho. Renda: R$ 69.235. Público: 4.094.