Corpo de garota que morreu no mar de Piedade não tem sinais de ataque de tubarão


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/09/2012 às 8:21
Leitura:
Do Redator de Plantão Permanece no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, área Central do Recife, o corpo da garota Rhama Carla, de 12 anos, que morreu afogada neste domingo (02). O fato aconteceu na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife, em um local onde o banho de mar não é aconselhável, por ser uma área propícia a ataques de tubarões. O corpo da garota foi encontrado no final da tarde pelo Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros, após quase uma hora de buscas. Durante o trabalho, doze homens da corporação participaram das buscas, com o auxílio de dois jet skis e um bote salva-vidas. Segundo o Corpo de Bombeiros, aparentemente não foram encontrados vestígios de ataque de tubarão no corpo da menina, mas somente após a perícia do Instituto de Criminalística é que a tese poderá ser confirmada. O tenente Glauco Vasconcelos, dos Bombeiros, explica como foi o procedimento da corporação nas buscas pela criança.

Mais Lidas