Versão de suicídio do empresário Sérgio Falcão não convence família da vítima


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/09/2012 às 14:59
Leitura:
Da Rádio Jornal Atualizada às 18h30, em 04/09 A ex-mulher do empresário Sérgio Falcão, Adriana Miranda Falcão, conversou na tarde desta terça-feira (04) com a delegada Vilaneida Aguiar, do Departamento de Homícios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizado no bairro da Imbiribeira, Zona Sul do Recife. Familiares do empresário da contrução cívil, morto na última terça-feira (28) com um tiro na cabeça, também estiveram no local, acompanhados do advogado  Ernesto Cavalcanti. Porém, segundo a delegada, não houve um depoimento oficial nesta tarde, inclusive por causa do estado emocional de Adriana. A Polícia afirma que ouvirá a ex-mulher do empresário e outros familiares de Sérgio ainda esta semana. Ouça o flash de Everson Teixeira, da Rádio JC / CBN, sobre o assunto. Alda Falcão, irmã de Sérgio, pouco conversou com a imprensa, mas afirmou que não acreditava na hipótese do suicídio. O advogado Ernesto Cavalcanti, também foi categórico e afirmou que Sérgio não pegou na pistola do sargento reformado Jaílson Melo, 53 anos, para tirar a própria vida. A reportagem de Renato Barros, especial para a Rádio Jornal, também detalha mais o caso.

Mais Lidas