Brasil goleia a China por 8 a 0. Próximo confronto será contra a Argentina


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/09/2012 às 0:33
Leitura:
Da Rádio Jornal Era esperado um jogo mais difícil, mas o torcedor que foi ao estádio do Arruda na noite desta segunda-feira (10), viu a seleção brasileira aplicar uma goleada histórica em cima da fraca seleção chinesa por 8x0. Vindo de uma vitória extremamente contestada diante da África do Sul na última sexta-feira (14), deixando o estádio do Morumbi sob vaias, o Brasil venceu e convenceu. Pelo menos os torcedores que estiveram presentes no José do Rego Maciel aplaudiram o time pela partida. Apesar da vitória por 8x0, com vaga para mais, a seleção comandada pelo contestado técnico Mano Menezes, ainda não caiu nas graças do torcedor Brasileiro. Sempre enfrentando seleções de pouca tradição no cenário internacional, o time segue indefinido e apresentando oscilações durante os jogos. Recentemente, em Londres, a equipe brasileira foi derrotada pela seleção mexicana perdendo a inédita medalha de ouro olímpica, gerando especulações sobre uma possível saída do treinador Mano Menezes do comando da seleção. Porém a CBF manteve o treinador apostando em um bom trabalho até a Copa do Mundo. A equipe brasileira não tomou conhecimento, e envolveu o time chinês desde do primeiro minuto de jogo. Foi com toques de bola rápidos, e infiltrações na defesa chinesa que o Brasil chegou à maioria de seus gols, resultado este mais expressivo até o momento na era Mano Menezes. Mais uma vez, o Recife levanta a moral da seleção Brasileira, porém é preciso esperar e observar o comportamento desta seleção diante de adversários mais expressivos como no caso da Argentina, próximo confronto brasileiro. Ouça os gols da partida: Brasil 1 x 0 China Brasil 2 x 0 China Brasil 3 x 0 China Brasil 4 x 0 China Brasil 5 x 0 China Brasil 6 x 0 China Brasil 7 x 0 China Brasil 8 x 0 China Ficha do jogo: Brasil: Diego Alves; Daniel Alves (Adriano), Dedé, David Luiz (Réver) e Marcelo; Rômulo (Sandro), Ramires (Arouca), Oscar (Leandro Damião) e Lucas; Neymar (Jonas) e Hulk. Técnico: Mano Menezes. China: Zeng; Liu Jiang, Yu Yang, Zhao Peng e Tang Miao; Zhao Xuri (Feng), Lu Peng, Zhu Ting, Hao Jumin (Zhang) e Liu Jianye; Gao Lin (Yang Xu). Técnico: José Antônio Camacho. Local: Arruda. Árbitro: Roberto Silveira (Uruguai). Auxiliares: Miguel Ângel Nievas (Uruguai) e Nicolas Taran (Uruguai). Gols: Ramires, aos 22; Neymar, aos 25 do primeiro. Lucas, aos três; Hulk, aos seis; Neymar, aos oito; Neymar, aos 14; Liu Jianye (contra), aos 24; Oscar (pênalti), aos 29 do segundo.

Mais Lidas