Perícia recolhe material usado por quadrilha para roubar caixa eletrônico


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/09/2012 às 18:21
Leitura:
Da Rádio Jornal As imagens das câmeras de segurança da agência do Banco Santander, localizado na Avenida Agamenom Magalhães, no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, serão analisadas para identificar os homens que tentaram arrombar, com maçaricos, um caixa da agência nesta quarta (12). Apesar da destruição do terminal de auto-atendimento, os bandidos não conseguiram levar dinheiro, já que foram surpreendidos pela polícia. Os ladrões fugiram em um carro Siena, de cor prata, deixando no banco alguns instrumentos usados na ação criminosa. No local os policiais encontraram um maçarico, cilindros de oxigênio e de gás, luvas de raspa de couro, uma mão de força dobrável, também conhecida como pé de cabra e uma lona com o emblema do banco. O perito André Amaral, do Instituto de Criminalística, diz que a quadrilha foi duas vezes a agência e usaram a tecnologia para escolher o caixa que seria arrombado. Saiba mais na reportagem de Fábio Mendes, da Rádio Jornal. AÇÃO POLICIAL - Quatro pessoas estavam no interior da agência e a polícia conseguiu prender uma delas. O delegado José Cláudio, gestor do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), estava nas proximidades e realizou o flagrante. O policial, sozinho, foi ao local, onde rendeu o homem, que se disse curitibano. A Polícia Militar foi acionada e o homem conduzido à sede do Depatri. Uma equipe do 13º batalhão da polícia militar manteve na manhã desta quarta-feira (12) o isolamento ao Banco Sandanter, da Avenida Agamenon Magalhães. O repórter Fábio Mendes, esteve no local, de onde passou mais informações sobre o caso.

Mais Lidas